--> Vacinação antirrábica em humanos passa a ser realizada na ESF Vera Cruz e Alpheu de Quadros, em Montes Claros | Apelo Canino | Apelo Canino Skip to main content

Vacinação antirrábica em humanos passa a ser realizada na ESF Vera Cruz e Alpheu de Quadros, em Montes Claros | Apelo Canino

28/10/2019

No Vera Cruz, a imunização será feita nos dias da semana em horário comercial. Nos fins de semana, feriados e durante à noite, vacinação será no Alpheu de Quadros.

A Secretaria Municipal de Saúde de Montes Claros (MG) informou que a partir desta terça-feira (29), a vacinação antirrábica em humanos será realizada exclusivamente em dois locais.

Segundo a Administração Municipal, de segunda a sexta-feira das 8hs às 11h30 e das 13h30 às 17h, a imunização poderá ser feita no Estratégia Saúde da Família do Bairro Vera Cruz. Nos fins de semana, durante à noite e feriados, a vacinação deverá ser feita no Pronto Atendimento Alpheu de Quadros.

No dia 18 deste mês, o Centro de Controle de Zoonoses confirmou o primeiro caso de morcego infectado por raiva em Montes Claros. O animal foi encontrado morto na Rua João Pinheiro, no Centro, e foi levado para Belo Horizonte, onde foram feitos exames em um laboratório. Em agosto deste ano, a Prefeitura realizou a imunização de cães e gatos no município, 94 postos foram montados e a expectativa era de 55 mil animais fossem imunizados.

“Deflagramos todas as ações de protocolo que é a vacinação dos cães no entorno de onde o morcego foi encontrado, medidas educativas em escolas no entorno para ajudar a população no esclarecimento”, informou o coordenador do CCZ, Flamarion Cardoso.

“A raiva é uma doença que tem uma letalidade muito próxima de 100% e é praticamente 100% prevenível. Felizmente é rara, tivemos 36 casos notificados no Brasil nos últimos 10 anos. Trata-se de uma doença neurológica que causa nos primeiros momentos febre e dormênica no local de agressão e evolui para confusão mental, para o coma e óbito”, explica a média infectologista Claúdia Biscotto.

A médica ainda reforça que pode levar anos até que a doença se manifeste. Em casos de sofrer agressão é importante procurar atendimento, mesmo que o animal tenha sido vacinado contra raiva.

“Nos animais, a doença atinge o sistema nervoso central, com o agravamento há uma paralisia e o animal passa a ser agressivo e ataca outros animais”, diz o veterinário Reinaldo Rabelo. Ele ainda fala que é importante comunicar o CCZ ou o Instituto Mineiro de Agropecuária sobre o caso.

Reportagem: G1 Grande Minas



Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Fale Conosco

Atenção! No momento não estamos realizando resgates solicitados por e-mail ou telefone. Pedimos a gentileza de não insistirem.

Contatos


Qual é o motivo do seu contato? Veja se a sua dúvida está aqui!

Endereços e Telefones

Não divulgamos publicamente o endereço do abrigo. Lamentavelmente
o número de abandonos em nossas portas é alto.

Devido a grande demanda de visitas e ligações estamos fazendo inicialmente o contato somente por e-mail. Obrigado pela compreensão!

Colabore Conosco!

Banco do Brasil
Agência: 0104-x | Conta-corrente: 89292-0

Caixa Econômica Federal
Agência: 3044 | Operação: 013 | Conta Poupança: 17486-6

PagSeguro
Clique aqui para doar usando cartões de crédito, débito em conta ou boleto.