Skip to main content

Unimontes vai cadastrar cães abandonados que vivem no campus em Montes Claros

06/09/2017

Objetivo é ajudar a controlar população canina, que receberá consultas, exames e medicação; previsão do projeto é promover ainda a castração dos animais.

A Universidade de Montes Claros deu início a um projeto que visa prestar assistência a cães abandonados, que vivem nas instalações do campus da universidade em Montes Claros (MG). O objetivo é catalogar os animais, promover consultas, medicação e tratamento de possíveis enfermidades para que eles possam ser castrados e adotados.

Segundo a coordenação, a ação vem sendo realizada há uma semana em uma da universidade com uma clínica veterinária, Clinicão; o projeto segue até o fim do ano.

“Nós estamos com este trabalho para reduzir a quantidade de cães, com devido respeito a lei de proteção dos animais. É ainda uma preocupação com a zoonoses, já que alguns animais apresentam doenças. Tendo esta possibilidade de trabalho, de tratar estes animais, realizar o controle populacional, faremos um trabalho inovador”, destaca o diretor de gestão de campi da Unimontes, Humberto Velloso Reis.

Ações pontuais
Não só dentro da Unimontes, o problema da superpopulação canina abandonada tem sido recorrente em Montes Claros. O G1 já mostrou em outras reportagens que ações pontuais e projetos da sociedade buscam reduzir os impactos do abandono dos pets pelas ruas da cidade.

A protetora Márcia Valadares, representante da Associação Apelo Canino, destaca que a situação de cães nas ruas é preocupante. Pelo projeto, cerca de 600 cães já foram resgatados das ruas; no abrigo, hoje, estão 70 cães esperando por um novo lar. “É alarmante. O abandono está cada dia pior em Montes Claros. É preciso fazer uma campanha grande”.

Para ela, ações do dia a dia, e especialmente a informação, podem ajudar a mudar o cenário negativo. “Acredito que em muitos casos o abandono ocorre por falta de informações, de como cuidar, das necessidades. Muitos cuidam de qualquer jeito; quando ficam doentes, não levam ao veterinário, preferindo abandonar o animal”, completa Márcia.

Para quem quiser saber mais do projeto desenvolvido pela Unimontes, o contato é através do e-mail dgc@unimontes.br. Para conhecer o Apelo Canino, o projeto tem um site com informações sobre adoção de cães.

Fonte: G1 Grande Minas



Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Fale Conosco

Atenção! No momento não estamos realizando resgates solicitados por e-mail ou telefone. Pedimos a gentileza de não insistirem.

Contatos


Qual é o motivo do seu contato? Veja se a sua dúvida está aqui!

Endereços e Telefones

Não divulgamos publicamente o endereço do abrigo. Lamentavelmente
o número de abandonos em nossas portas é alto.

Devido a grande demanda de visitas e ligações estamos fazendo inicialmente o contato somente por e-mail. Obrigado pela compreensão!

Colabore Conosco!

Banco do Brasil
Agência: 0104-x | Conta-corrente: 89292-0

Caixa Econômica Federal
Agência: 3044 | Operação: 013 | Conta Poupança: 17486-6

PagSeguro
Clique aqui para doar usando cartões de crédito, débito em conta ou boleto.