Skip to main content

Saúde capacita técnicos municipais

20/07/2016

A Superintendência Regional de Saúde (SRS) de Montes Claros sedia, nestas quarta e quinta-feira (20 e 21/7), encontro de capacitação de referências técnicas de 53 municípios do Norte de Minas, que serão responsáveis pela execução da Campanha de Vacinação Antirrábica 2016. Ela deverá ser realizada no período de 10 de agosto a 10 de outubro, sendo que os municípios terão prazo de 45 dias para concluir o trabalho nas zonas urbanas e rurais. Hoje, a capacitação reunirá técnicos das microrregiões de Janaúba/Monte Azul e Salinas/Taiobeiras.

Já nesta quinta-feira, o trabalho será concluído com a participação de representantes das microrregiões de Montes Claros/Bocaiúva, Coração de Jesus e Francisco Sá. Nos municípios que integram a área de atuação da SRS de Montes Claros, a previsão é que serão vacinados mais de 219,5 mil cães e gatos. Na maior cidade da região serão vacinados mais de 53,7 mil animais. Na sequência estão Janaúba, com 11.859 animais; Rio Pardo de Minas (9.603) e Bocaiúva (8.875). Os demais municípios têm menos de 8,5 mil animais a serem vacinados.

Cada município será responsável pela elaboração da sua programação. Por outro lado, além de orientações, a SRS disponibilizará as vacinas aos municípios na semana anterior ao início do trabalho em cada localidade. Referência técnica da vigilância em saúde ambiental e dos laboratórios de entomologia e análises de água da SRS de Montes Claros, Patrícia Brito explica que a realização da capacitação tem como objetivo repassar aos municípios orientações sobre a realização da campanha.

Por isso, entre 8 e 11h30, os técnicos participarão de aula teórica a ser ministrada no auditório da SRS, na Rua Carlos Ferrante, 435, Bairro Edgar Pereira. Já a partir das 13 horas, os técnicos participarão de aula prática no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), na Avenida Antônio Lafetá Rebello, 1.371, Bairro Santa Lúcia 1. Posteriormente, os técnicos que forem capacitados pela SRS repassarão as informações para os colegas em suas localidades.

“O alinhamento de informações com os municípios é importante para que a campanha obedeça as normas do Ministério da Saúde”, observa Patrícia Brito. Segundo ela, a queda significativa dos casos de raiva canina e felina se deve à realização anual de campanhas de vacinação. Por isso, observa-se a diminuição nos casos de raiva humana transmitida por esses animais domésticos. O objetivo da campanha é imunizar o maior número de cães e gatos, no menor tempo possível (até 45 dias), impedindo que o vírus rábico alcance a população humana.

Fonte: JN Notícias



Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Fale Conosco

Atenção! No momento não estamos realizando resgates solicitados por e-mail ou telefone. Pedimos a gentileza de não insistirem.

Contatos


Qual é o motivo do seu contato? Veja se a sua dúvida está aqui!

Endereços e Telefones

Não divulgamos publicamente o endereço do abrigo. Lamentavelmente
o número de abandonos em nossas portas é alto.

Devido a grande demanda de visitas e ligações estamos fazendo inicialmente o contato somente por e-mail. Obrigado pela compreensão!

Colabore Conosco!

Banco do Brasil
Agência: 0104-x | Conta-corrente: 89292-0

Caixa Econômica Federal
Agência: 3044 | Operação: 013 | Conta Poupança: 17486-6

PagSeguro
Clique aqui para doar usando cartões de crédito, débito em conta ou boleto.