Skip to main content

Proteção dos animais será tema de debate público na Comissão de Meio Ambiente

23/11/2013

A legislação de proteção aos animais será o tema do debate público, a ser realizado pela Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Assembleia Legislativa de Minas Gerais no próximo dia 26, a partir das 10 horas, no Plenário. A finalidade é apresentar os temas a serem debatidos pela Assembleia em 2014 para aprimorar essas normas no Estado.

O debate público, solicitado pelo presidente da comissão, deputado Célio Moreira (PSDB), reunirá representantes dos municípios, de órgãos ambientais, de profissionais que cuidam de animais e de organizações da sociedade civil envolvidas nessa área.

De acordo com o presidente da ALMG, deputado Dinis Pinheiro (PP), o Legislativo estadual tem pouca margem de deliberação para estabelecer parâmetros neste setor, cabendo as iniciativas reguladoras principalmente à instância federal e, em menor escala, à municipal. Ainda assim, a Assembleia de Minas tem demonstrado sua preocupação com o tema, havendo em tramitação 28 projetos relacionados com o tema “bem estar animal”.

Ele admite que há um vácuo legislativo sobre o assunto em Minas Gerais, especialmente em relação a diretrizes e princípios que possam fortalecer o controle social e evitar a repetição de ocorrências de violência e crueldade contra os animais, tanto os domésticos quanto os silvestres, que continuam a ocorrer com indesejável frequência.

O deputado Dinis Pinheiro pontua temas que considera importantes, como o controle de população, a posse responsável, o respeito ao habitat e às condições mínimas para sobrevivência e reprodução dos animais silvestres, a biopirataria, a utilização de animais em eventos como rodeios, vaquejadas ou espetáculos circenses, entre outros. “É dever da Assembleia mineira dar andamento à sua preocupação diante do tema, ampliando o debate e atraindo para ele os diversos segmentos interessados e, principalmente, o conjunto da sociedade”, afirma.

O autor do requerimento lembra que a proteção aos animais é tema que cada vez mais ocupa espaços na mídia e na consciência do brasileiro, a exemplo do que acontece nos países mais avançados. “Esta discussão não poderá cessar até que sejam instituídas regras claras e legislação que protejam os animais das ações que configurem crueldade, abandono, desatenção, maus tratos e sofrimentos”, justifica o deputado Célio Moreira.

Segundo o parlamentar, embora a proteção aos animais esteja prevista em lei, há um clamor cada vez mais crescente para se ampliar esta defesa. Ele cita exemplos de casos que provocaram comoção, como a matança de cães denunciada em Caldas (Sul de Minas) e o extermínio de gatos no campus da UFMG. ”Estou certo de que a sociedade espera por um debate como este, e desejo que ele venha aperfeiçoar nossa legislação, de forma a oferecer instrumentos para a defesa dos animais”, afirma.



Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Fale Conosco

Atenção! No momento não estamos realizando resgates solicitados por e-mail ou telefone. Pedimos a gentileza de não insistirem.

Contatos


Qual é o motivo do seu contato? Veja se a sua dúvida está aqui!

Endereços e Telefones

Não divulgamos publicamente o endereço do abrigo. Lamentavelmente
o número de abandonos em nossas portas é alto.

Devido a grande demanda de visitas e ligações estamos fazendo inicialmente o contato somente por e-mail. Obrigado pela compreensão!

Colabore Conosco!

Banco do Brasil
Agência: 0104-x | Conta-corrente: 89292-0

Caixa Econômica Federal
Agência: 3044 | Operação: 013 | Conta Poupança: 17486-6

PagSeguro
Clique aqui para doar usando cartões de crédito, débito em conta ou boleto.