Skip to main content

Precisamos esclarecer alguns pontos

17/01/2016

Animal não é mercadoria e Abrigo não é depósito (pelo menos o nosso). E, sim, perdemos o sono muitas vezes. Hoje será mais um desses dias.
Algumas pessoas acham que tirar um cãozinho das ruas ou vítima de maus-tratos é só ir lá, resgatá-lo e colocá-lo em qualquer lugar ou no nosso abrigo, como se fosse mercadoria que se coloca em um depósito. AVISO: Não, não é assim que funciona!

Quando muitas vezes recusamos fazer um resgate (e não gostaríamos de negar), acham ruim, nos criticam até. Muitos dizem que pelo fato de nos ajudar têm o direito de exigir vagas no abrigo, entre tantas outras coisas que somos obrigados a ler e escutar. Quantas vezes já lemos um “Obrigado por nada” ou então “vocês são ou não uma ONG”?. Uma pena que seja assim e que as pessoas não entendam que não negamos simplesmente porque não queremos ajudar. Se não o fazemos, é por total falta de espaço e de condições financeiras.

Administrar ou trabalhar em uma ONG não é uma tarefa das mais fáceis. Os problemas são sempre muitos e, na maioria das vezes, desconhecidos do grande público. Ter um abrigo não é só “juntar cachorro”. Todos os animais resgatados estão com algum problema e muitos demoram meses para reestabelecer a saúde. Outros não têm a mesma sorte! Os idosos, além de uma alimentação diferenciada, vão ficando debilitados e sabemos que eles, talvez, nunca serão adotados, mas precisam de tratamento também. E têm nosso respeito e são cuidados com dignidade. Acabam virando “nossos cães” de verdade. Tudo bem, gostamos deles e não nos importamos com isso.

Podíamos fazer “Feira de Adoção” mas, em 2012, quando realizamos a 1ª e última feira, tivemos muitos problemas e preocupações. Muitos foram “adotados”, mas alguns foram devolvidos e outros pegamos de volta logo na primeira visita. Por isso criamos critérios para adoção, apesar de algumas pessoas chamarem de “dificuldades”. Resolvemos que não vamos entregar um cão sem antes conhecer o espaço e conversar com a família. E mesmo com todo o cuidado, ainda temos muitos aborrecimentos. É lamentável!

Queremos fazer o melhor sempre e só procuramos realizar o trabalho com seriedade e critérios. Quem de fato conhece, sabe!

Se muitas vezes viemos aqui pedir ajuda, é porque realmente precisamos dela. As despesas são sempre muitas. Todos os dias surgem gastos. Temos uma dívida alta com clinicas veterinárias, não temos veterinários disponíveis e muito menos gratuitos no abrigo. Sempre fazemos pedidos de ajuda específicos, como jornais, ração, materiais de limpeza, etc, e repetiremos isso sempre que precisar. Algumas vezes eles parecem ser invisíveis…

2016-01-17-desabafo

Se você se identifica e gosta do trabalho do Apelo Canino, nos ajude a continuar ajudando, colabore conosco.
Favorecido: Associação Pelo Canino
* Banco do Brasil – Agência: 0104-x | Conta-corrente: 89292-0
* Caixa Econômica Federal – Agência: 3044 | Operação: 013 | Conta Poupança: 17486-6



Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Fale Conosco

Atenção! No momento não estamos realizando resgates solicitados por e-mail ou telefone. Pedimos a gentileza de não insistirem.

Contatos


Qual é o motivo do seu contato? Veja se a sua dúvida está aqui!

Endereços e Telefones

Não divulgamos publicamente o endereço do abrigo. Lamentavelmente
o número de abandonos em nossas portas é alto.

Devido a grande demanda de visitas e ligações estamos fazendo inicialmente o contato somente por e-mail. Obrigado pela compreensão!

Colabore Conosco!

Banco do Brasil
Agência: 0104-x | Conta-corrente: 89292-0

Caixa Econômica Federal
Agência: 3044 | Operação: 013 | Conta Poupança: 17486-6

PagSeguro
Clique aqui para doar usando cartões de crédito, débito em conta ou boleto.