Skip to main content

Brasil volta a registrar casos de raiva humana e reforça campanha de vacinação de animais

01/09/2017

Entenda o que causou o retorno da doença e por que é importante continuar vacinando cães e gatos, todo ano

Os casos de raiva humana voltaram a aumentar no Brasil. Só neste ano, segundo o Ministério da Saúde, duas pessoas já faleceram na Bahia e em Pernambuco – é a primeira vez que a doença volta a crescer no país, desde 1990.

O motivo? Um problema registrado com lotes da vacina em 2010 culminou na morte de dezenas de animais em todo o Brasil, o que fez com que a aderência à vacinação de cães e gatos sofresse uma queda.

Isso levou ao aumento dos casos em animais e ao retorno da raiva humana. No ano passado, foram registrados casos em 11 cães, 8 gatos, 19 morcegos hematófagos (espécies que se alimentam de sangue) e 2 pessoas.

“Os animais domésticos podem ser infectados pela raiva de diversas formas. Os felinos, por exemplo, são caçadores natos e o contato mais íntimo com um animal infectado, como um morcego, pode fazer com que se infectem com o vírus – trazendo perigo para os humanos que convivem com eles”, explica Rosangela Ribeiro, gerente de programas veterinários da Proteção Animal Mundial.

Por isso, é importante que as pessoas se conscientizem sobre vacinar seus animais. “Mesmo que estes vivam em apartamentos altos e telados”, reforça a veterinária.

Por que continuar vacinando?

A vacinação antirrábica anual é obrigatória por lei. Por causa das campanhas de vacinação, o Brasil se tornou referência mundial no combate à doença – os casos diminuíram drasticamente desde a década de 90 e chegaram a zero em 2014. A vacinação e a guarda responsável de animais erradicaram a doença no país.

Com isso, o Brasil serviu de exemplo para o mundo e mostrou que é possível controlar a raiva de forma humanitária. Infelizmente, em outros países ainda são usados métodos cruéis e ineficientes. Entre eles, o sacrifício de animais de rua.

Para continuar combatendo a doença de forma ética e evitar que animais e humanos sofram por conta da raiva, é importante conscientizar todos brasileiros sobre a necessidade de vacinar seus cães e gatos.

A maioria dos municípios disponibilizam postos de atendimento gratuito. Em Montes Claros, os animais podem ser vacinados a qualquer tempo no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).

E se um animal te morder?

A raiva é uma doença viral e fatal que afeta somente os mamíferos. A transmissão se dá pela saliva do animal infectado por meio de mordidas, arranhões ou lambidas.

Saiba o que se for atacado por um animal, mesmo se ele estiver vacinado contra a raiva:

  • Lave imediatamente e copiosamente o ferimento com água e sabão;
  • Procure com urgência o Serviço de Saúde mais próximo para avaliação e prescrição de profilaxia antirrábica humana adequada;
  • Nunca agrida o animal. O correto é deixá-lo em observação durante 10 dias, para que se possa identificar qualquer sinal indicativo da raiva e procurar ajuda de um veterinário;
  • O animal deverá receber água e alimentação normalmente e permanecer em um local seguro e adequado, para que não possa fugir ou atacar outras pessoas ou animais;
  • Se o animal adoecer, morrer, desaparecer ou mudar de comportamento, informe imediatamente ao Serviço de Saúde;
  • Nunca interrompa a profilaxia antirrábica humana sem ordens médicas;
  • Quando um animal apresentar comportamento diferente, mesmo que ele não tenha agredido ninguém, não o agrida, não o maltrate e procure o Serviço de Saúde.

Fonte: Proteção Animal Mundial



Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Fale Conosco

Atenção! No momento não estamos realizando resgates solicitados por e-mail ou telefone. Pedimos a gentileza de não insistirem.

Contatos


Qual é o motivo do seu contato? Veja se a sua dúvida está aqui!

Endereços e Telefones

Não divulgamos publicamente o endereço do abrigo. Lamentavelmente
o número de abandonos em nossas portas é alto.

Devido a grande demanda de visitas e ligações estamos fazendo inicialmente o contato somente por e-mail. Obrigado pela compreensão!

Colabore Conosco!

Banco do Brasil
Agência: 0104-x | Conta-corrente: 89292-0

Caixa Econômica Federal
Agência: 3044 | Operação: 013 | Conta Poupança: 17486-6

PagSeguro
Clique aqui para doar usando cartões de crédito, débito em conta ou boleto.