Skip to main content

Protetor independente ou voluntário? Os dois ajudam! Seja um também!

07/12/2016

Cada vez mais e mais pessoas decidem fazer a diferença e ajudar alguma causa social. E você? Vai ficar aí parado?

Protetor

E quem é um protetor? É aquela pessoa que, voluntariamente, mantém sob sua responsabilidade cães e/ou gatos retirados de situações de abandono e maus-tratos, deixando-os saudáveis, castrando e doando com critério. Pode ser cuidando deles em casa, em lares de apoio ou em hospedagens. O fato é que um protetor cuida e mantém o animal, seja ele qual for, até que esteja em condições de ir para um lar responsável ou ser encaminhado para seu habitat natural, no caso de animais silvestres.

Independente?

Sim, o protetor independente não está filiado a nenhuma instituição e exerce suas atividades com recursos próprios. Há os que cuidam de um ou de poucos por vez. Há também os que têm dinheiro e espaço suficientes para manter vários peludos em boa situação e com chances reais de adoção. Alguns perdem o controle e acumulam um número de bichos maior do que conseguem manter com bem-estar real, prejudicando não só suas próprias vidas e finanças, mas os animais que pretendiam ajudar.

Voluntário

Já o voluntário é quem colabora de alguma maneira de ações em prol de uma causa. No caso da ajuda a cães e gatos, é voluntário quem doa tempo, dinheiro, algum tipo de talento, produtos veterinários e até aquele espacinho em casa sendo lar de apoio e hospedando um peludo que está sob a responsabilidade de um protetor. Promover educação e divulgar noções de guarda responsável a colegas de trabalho, vizinhos, amigos e parentes pode parecer pouco, mas conscientização é o que vai impedir que mais e mais animais precisem de ajuda.

Sem bicho

Não é preciso nem ter um peludo para ser protetor ou voluntário! Muitas pessoas têm consciência e optam em não ter nenhum, pois sabem que não poderão dar a atenção e os cuidados de que um bicho necessita. Ainda assim, pagam castrações e vacinações, divulgam eventos e adoções, doam remédios, rações, coleiras e outros produtos tão necessários na vida dos protetores independentes ou até mesmo resgatam animais da rua.

Faça!

Não há limites para quem realmente deseja ajudar. Cada pessoa sabe o quê, como, quando e quanto pode doar de si mesmo e de seus recursos para ajudar a quem se propõe. Deixar água limpa para animais de rua é um tipo de auxílio. Catar aquela caca de cachorro que o vizinho mal educado deixou para trás na rua também vale. Melhor ainda se conseguir conversar com ele com jeito, educando-o para que não volte a errar. Vale tudo para quem decide passar da teoria para a prática!

Que tal começar agora mesmo?



Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Fale Conosco

Atenção! No momento não estamos realizando resgates solicitados por e-mail ou telefone. Pedimos a gentileza de não insistirem.

Contatos


Qual é o motivo do seu contato? Veja se a sua dúvida está aqui!

Endereços e Telefones

Não divulgamos publicamente o endereço do abrigo. Lamentavelmente
o número de abandonos em nossas portas é alto.

Devido a grande demanda de visitas e ligações estamos fazendo inicialmente o contato somente por e-mail. Obrigado pela compreensão!

Colabore Conosco!

Banco do Brasil
Agência: 0104-x | Conta-corrente: 89292-0

Caixa Econômica Federal
Agência: 3044 | Operação: 013 | Conta Poupança: 17486-6

PagSeguro
Clique aqui para doar usando cartões de crédito, débito em conta ou boleto.